Home / Ciências / Fatores bióticos e abióticos

Fatores bióticos e abióticos

Todos os ambientes (modificados ou naturais) apresentam elementos que os caracterizam. Para entender melhor esse assunto, observe novamente as imagens desta página e perceba os elementos que existem nelas. É possível notar casas, ruas, árvores, capim, luz solar, solo, animais etc. Juntos, todos esses elementos, ou fatores, que compõem os ambientes podem ser divididos em dois grandes grupos: os fatores abióticos e os fatores bióticos.

FATORES ABIÓTICOS

Observe agora as fotografias da página seguinte. Nelas, alguns dos elementos do ambiente não têm vida. Todos eles são chamados de fatores abióticos e fazem parte do ambiente, ajudando a caracterizá-lo.

Os ambientes apresentam características que determinam a paisagem, por exemplo: o relevo (se a região é montanhosa ou plana ou com pequenas elevações), o tipo de solo (se é arenoso, argiloso, pedregoso), a quantidade de chuvas (ou precipitação), a variação de temperatura ao longo do ano, a intensidade dos ventos etc.

AMBIENTES NATURAIS E AMBIENTES MODIFICADOS

Na Terra existem vários ambientes onde há seres vivos. Por exemplo, as pessoas que moram nas cidades vivem no ambiente urbano; já as que vivem no campo, em fazendas, roças ou sítios moram no ambiente rural. Esses dois tipos de ambiente, urbano e rural, foram construídos pelo ser humano, por isso são chamados de ambientes modificados.

Os ambientes naturais são aqueles que não sofreram mudanças ou sofreram pouca interferência do ser humano, de modo que praticamente todos os elementos naturais estão preservados. Quando um ambiente natural sofre modificações que alteram significativamente a paisagem, ele é considerado modificado.

De forma geral, podemos listar como principais fatores abióticos de um ambiente:

■    solo (tipo, constituição, permeabilidade);

■    água (quantidade de água disponível no ambiente);

■    umidade (quantidade de água existente no ar);

■    calor (quantidade de calor e variação de temperatura);

■    luminosidade (intensidade de luz solar no ambiente);

■    clima (condições atmosféricas do ambiente).

Se estivermos tratando de um ambiente aquático, também podemos considerar os fatores abióticos na água:

■    oxigenação {quantidade de gás oxigênio dissolvido na água, disponível para os organismos);

■    salinidade (quantidade de sais dissolvidos, diluídos, na água);

■    calor (quantidade de calor e variação de temperatura);

■    luminosidade (intensidade de luz solar que penetra na água);

■    turbidez (medida da transparência da água).

Salinidade

A quantidade de sais dissolvidos na água (salinidade) é um fator abiótico que pode determinar a existência ou não de alguns seres vivos. O Mar Morto, um enorme lago de água salgada situado entre Israel e a Jordânia, no Oriente Médio, tem cerca de dez vezes mais sais dissolvidos do que os oceanos. O excesso de sal faz com que praticamente não exista vida em suas águas (apenas algumas bactérias muito resistentes ao sal existem por lá). Esse é o motivo de ele ter esse nome.

FATORES BIÓTICOS

Já vimos que os fatores abióticos de um ambiente influenciam na sobrevivência dos seres vivos. Da mesma forma, os seres vivos, chamados de fatores bióticos, podem interferir, direta ou indiretamente, no próprio ambiente.

QUAIS SÃO AS CARACTERÍSTICAS DE UM SER VIVO?

Uma pedra possui vida? E uma árvore? E o vento? Pode parecer simples responder a essas perguntas, afinal, pedra e vento não são seres vivos e a árvore é.

Nos anos anteriores, nas aulas de Ciências, você pode ter aprendido algumas características dos seres vivos, como as seguintes:

Reprodução – é a capacidade de se reproduzir, isto é, gerar descendentes; Nutrição – os seres vivos precisam de nutrientes para realizar seu metabolismo;

Metabolismo – conjunto de processos em um organismo, que ocorrem com transformações de substâncias:

Organização estrutural – os componentes, as partes de um organismo, cooperam uns com os outros para que o seu funcionamento seja organizado; Crescimento e adaptação – os seres vivos crescem e estão sujeitos às condições do ambiente onde vivem;

Morte – todos os seres vivos morrem.

Apesar de aparentemente ser simples caracterizar um ser vivo, quando aprofundamos os estudos vemos que há várias dificuldades na definição de vida.

A população é o conjunto de indivíduos de uma espécie.

O ecossistema é formado pela interação entre a comunidade e os fatores abióticos.

One comment

  1. massa isso aê

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não vai embora ainda!
Quer material pra estudar ou dar aula?
Inscreva-se grátis! 
Inscrever-se
Lembre-se, você poderá cancelar a inscrição a hora que quiser

Você é
Professor(a)?

Tem um slide GRÁTIS em powerpoint pra você baixar agora. 
Baixar Slide

Send this to friend